Fortes temporais de madrugada causam deslizamentos na Região Serrana do Estado do Rio de Janeiro.

Posted by "O que me preocupa não é o grito dos maus, mas sim o silêncio dos bons."




Salve bravos brasileiros!
Salve povo do Rio de Janeiro!


Na madrugada de ontem pra hoje (11/01/2011 - 12/01/2011) a Região Serrana Estado foi injustamente castigada por um avassalador temporal, fazendo com que acontecessem vários deslizamentos em alguns municípios do interior do Estado. Teresópolis, Petrópolis e Nova Friburgo foram as cidades mais atingidas. A situação nesses lugares é crítica, os governos locais decretaram estado de Calamidade Pública. Estima-se que hajam pelo menos 30.000 desabrigados.Os últimos dados atualizados contabilizam 849 mortos.

Teresópolis - 344 mortos; 6210 desalojados e 5058 desabrigados.
Nova Friburgo - 381 mortos; 3220 desalojados e 2031 desabrigados.
Petrópolis* e Itaipava - 68 mortos; 6223 desalojados e 191 desabrigados.
Sumidouro - 22 mortos**; 311 desalojados e 200 desabrigados.
São José do Vale do Rio Preto - 6 mortos; 2018 desalojados e 300 desabrigados.
Bom Jardim - 1 morto; 1186 desalojados e 632 desabrigados.
Areal - não há registros de mortos; 1469 desalojados.

Outros Municípios:

Santa Maria Madalena - 284 desalojados e 44 desabrigados.
Trajanos de Moraes - 188 desalojados e 28 desabrigados.
Sapucaia - 30 desalojados e 140 desabrigados.
São Sebastião do Alto - 32 desalojados e 75 desabrigados.
Três Rios - 36 desalojados e 33 desabrigados.
Cordeiro - 43 desabrigados.
Carmo - 55 desalojados e 12 desabrigados.
Macuco - 28 desalojados e 24 desabrigados.
Cantagalo - 8 desalojados.
Cachoceiras de Macacu - 4 desabrigados.

Três bombeiros morreram soterrados durante um resgate em Nova Friburgo.
Em Teresópolis um casal de idosos morreu.

*Teresópolis perdeu 80% de sua área rural.
**Parte da zona rural está isolada; o município é um dos maiores produtores de hortaliças do Estado.

O Ministério Público do Rio de Janeiro contabiliza ainda 400 desaparecidos. O MP-Rj divulgou ainda em seu site, uma lista com 208 nomes de pessoas também desaparecidas.

O governador do Estado Sérgio Cabral solicitou ajuda a Marinha. O vice-governador Luiz Fernando Pezão, já esteve na Região Serrana acompanhando as equipes fazendo o trabalho de resgate. A presidente Dilma Rousseff já esteve no local para avaliar a situação e prometeu ajuda ao governo do Estado. A Marinha montou hospitais de campanha nas cidades mais atingidas, onde a situação é crítica.

Segue no link abaixo o site da Globo algumas fotos registradas por equipes de reportagem e internautas antes e depois das chuvas.

http://g1.globo.com/vc-no-g1/fotos/2011/01/leitores-enviam-fotos-da-chuva-no-rio-de-janeiro.html

Um sistema meteorológico moderno instalado em 19 pontos da cidade de Petrópolis poderia ter evitado esta catástrofe. Uma parceria entre o governo federal, o governo do estado e a prefeitura de Petrópolis, investiu 550 mil reais de 2005 até meados de 2009; e entrou em funcionamento em fevereiro de 2010, mas somente para testes. E de lá pra cá houve um jogo de empurra entre os três governos, e ninguém chegou a um acordo sobre quem cuidaria do funcionamento e da manutenção, que sairia por 900 mil reais por ano.
Segundo uma moradora do meu prédio, a recomendação de não subir até as cidades atingidas, não é somente pelo grau de periculosidade do percursso; mas também pelo forte mau cheiro que assola esses municípios.O Papa Bento XVI fez orações e pediu a Deus que ajude as vítimas dos temporais, não só no Rio, mas também na Austrália, no Sri Lanka e nas Filipinas. Esses três últimos países sofrem com as fortes chuvas e com as enchentes.Daniel Jobim, neto do célebre Tom Jobim; registrou por fotos o desabamento da casa que pertenceu a seu avô.

A Cruz Vermelha informou que a doação de roupas já não é mais tão necessária. O órgão disse que a quantidade de roupas já é suficiente para atender toda a demanda.
Ontem; quinta-feira, dia 21 de janeiro; o governo equatoriano divulgou que enviará ao Brasil entre sexta-feira e sábado, 36 toneladas de ajuda humanitária. Ajuda esta que consiste em vários pacotes de alimentos, produtos de limpeza e de higiene pessoal, e três mil litros d'água.Essa ajuda humanitária responde à política humanitária internacional do governo do Equador

Esses municípios estão em estado de Calamidade Pública e precisão de doações. Leve todo tipo donativos (materiais de limpeza e de higiene pessoal, alimentos não perecíveis, colchões, água) aos seguintes locais:
-Rodoviária Novo Rio
-Batalhões da Polícia Militar
-Batalhões do Corpo de Bombeiros

Não se esqueça também de doar sangue. Vá até a sede do Hemorio na rua Frei Caneca n°8 no centro do Rio, e faça sua doação.Todas essas doações são cruciais para que todas as vítimas sobrevivam, e que elas tenham forças não somente para reconstruir suas vidas, mas também para ajudar e recontruir suas cidades. FAÇA SUAS DOAÇÕES. DE GRÃO EM GRÃO, A GALINHA ENCHE O PAPO.


Esta postagem poderá ser atualizada a qualquer momento.

3 comentários:

  1. Tamara

    foi o que eu falei com uma amiga,o que mais me revolta são mais de 600 pessoas tentando tirar forças pra recomeçar,emocionalmente e financeiramente..enquanto tem 17 merdas fazendo NADA numa casa,por um prêmio de 1 milhão.Revoltante,simplesmente..

  1. Panda

    Minha namorada mora em Friburgo, e no dia do temporal, ficou sem luz em casa...A comida estragou, e a família dela teve que se virar, procurando alguma loja aberta na cidade, coisa quase impossível. Nesse exato momento, ela está incomunicável...Celular não funciona, internet também não. Realmente, foi uma catástrofe muito grande.
    Sobre o BBB, é um fato simples: BBB dá mais dinheiro pra globo que os problemas da região serrana. Pro telespectador, dá menos trabalho pensar em 17 pessoas do que em centenas de mortos. As pessoas agem em benefício próprio, é assim mesmo.
    As pessoas não são autruístas, isso não me revolta, só faz constatar o fato que a humanidade é assim mesmo.

  1. Mr. Stark

    O que me revolta mesmo é q a maioria das pessoas ao invés de ajudar, estão sentadas com seus respectivos rabos "gordos" assistindo um bando de prostitutas e cafetões disputando por um milhão se divertindo numa casa grande com luxos diversos

Postar um comentário